Morrell participa de Barilive sobre indicações cirúrgicas ao paciente

julho 5, 2019 by Andreza0
12-1200x706.jpg

O doutor Alexander Morrell, cirurgião bariátrico e do aparelho digestivo e presidente do capítulo de São Paulo da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM) participou do Barilive desta quinta-feira (4), que abordou o tema “Qual é a melhor cirurgia para mim?”.

O Barilive é um programa da SBCBM que tem o objetivo de levar informações de qualidade para a população e vai ao ar, todas às quintas-feiras, às 20 horas, ao vivo no Facebook.

Um dos primeiros pontos que Morrell esclareceu foi que o paciente precisa se enquadrar na resolução do Conselho Federal de Medicina que aponta algumas regras para a operação, além de ter indicação médica. Não basta querer fazer a cirurgia. “Como pré-requisito o paciente precisa ter obesidade há mais de cinco anos, falha no tratamento clínico com medicamentos e preencher os critérios de Índice de Massa Corpórea (IMC)”, explicou Morrell.

Cirurgia minimamente invasiva

O cirurgião é especialista em cirurgia robótica e afirma que a técnica agrega itens que a laparoscopia não permite. “A cirurgia robótica traz algumas vantagens, dependendo da adaptação do cirurgião”. disse. “Eu tenho a oportunidade operar por robô e tenho a impressão – a cada cirurgia que eu faço – que a operação por robô é melhor. Acredito que a robótica é a mais indicada em cirurgias em super obeso ou revisional”, afirmou.

A cirurgia realizada com robô tem benefícios para o paciente. “A dor na parede abdominal é um pouco menor, mas geralmente o resultado final de emagrecimento e remissão das doenças associadas é o mesmo”, explicou.

Bypass x Sleeve

As duas técnicas de cirurgia bariátrica mais realizadas atualmente no Brasil são o Sleeve (Gastrectomia Vertical) e o Bypass Gástrico.

“Muitas vezes o paciente chega ao consultório com uma técnica já escolhida, mas ainda não sabe os detalhes de cada uma delas, por isso é muito importante uma discussão e análise profunda de cada caso antes da indicação”, disse Morrell.

A técnica é indicada pelo cirurgião após uma conversa e uma análise dos exames. A escolha depende de possíveis doenças associadas à obesidade que o paciente pode ter e o histórico de doenças familiar.

Engravidar antes ou depois da bariátrica?

Muitas pacientes têm o desejo de engravidar. O mais indicado é que a mulher faça o controle do peso antes da gestação.

“A obesidade é um dos maiores fatores de infertilidade tanto no homem quanto na mulher. Há vários quesitos a serem avaliados, mas a gestação de uma paciente obesa tem mais risco do que uma não obesa. É mais saudável operar primeiro, adquirir um peso que não vai ter problemas para a gestação e depois de cerca de um ano e meio, engravidar”.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


logo2

O CENTRO AVANÇADO DE TRATAMENTO E CIRURGIA é uma Clinica Especializada em Cirurgia do Aparelho Digestivo, Videocirurgia, Cirurgia de Obesidade Mórbida e Cirurgia Metabólica e do Diabetes que oferece aos seus pacientes o que há de mais moderno e recente no mundo.

Certificações

Instituto Morrell | 2004 - 2019 | Todos os direitos reservados                                             Desenvolvido por Exata Design